sábado, 9 de outubro de 2010

Com os olhos marejados
e o coração em batalha
me aparece uma senhora,
daquelas doces e compreensivas,
me bate no ombro e diz:

- que foi, minha filha?

eu, sem ter digerindo ainda, respondo:

- mas logo eu, usando esses sapatos?

ela me olhou com olhos tenros e não quis fazer sentido.
Mas me disse suavemente:

- Sucinta. Só sinta.

Um comentário:

Anie disse...

sucinta
só sinta
soul sinta.