quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Renascimento

Ando pensando pouco. Estou indiferente ao que acontece ao meu redor. Não ligo para horários nem para problemas sociais a minha volta.
Só tenho saco pra pesquisar coisas que satisfazem meu ego. Estava quase pedindo socorro por virar um dos demônios que eu tanto combati no passado.
Felizmente, um anjo caiu em meu caminho. Esta manhã, minha professora de História abriu meus olhos.
Voltei quase ao normal. Minha cabeça ainda não produz soluções para cada problema do mundo, mas eu me sinto bem consciente.
A única coisa que falta é a tão discutida em minhas sessões de terapia, maturidade estudantil.

Um comentário:

Caio disse...

rapaz, eu to igual a você, tirando a parte que você renasce :~

não to me fudendo pra nada, quero que tudo exploda :)

:*